COGERSA

Coordenadoria de Gestão Socioambiental e de Responsabilidade Social

Apresentação

O Poder Judiciário do Estado do Tocantins deu início à implementação da gestão estratégica sustentável no ano de 2014, através da Portaria TJTO Nº 4119, de 20 de novembro de 2014, em que foi instituída a primeira comissão gestora com a finalidade de promover ações socioambientais. 

Por força da Resolução Nº 201 publicada em 03 de março de 2015 pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no mesmo ano, a Resolução TJTO Nº 22, de 6 de agosto de 2015, criou o Núcleo de Gestão Socioambiental (Nuges), unidade responsável por desenvolver o Plano de Logística Sustentável (PLS) e do Programa To Sustentável no Poder Judiciário Tocantinense.

Em 2021, a fim de acompanhar a evolução de paradigmas e melhor atender os desafios da nossa sociedade além da sustentabilidade, as atividades da unidade passaram a abranger os temas equidade, diversidade, acessibilidade e inclusão. 

Assim, o Nuges foi alçado à Coordenadoria de Gestão Socioambiental e de Responsabilidade Social (Cogersa), por intermédio da Resolução nº 30, de 06 de outubro de 2021, que o instituiu, e a Cogersa passou a ser organicamente vinculada à Presidência. 

Dentre as suas competências estratégicas, está o fomento de ações que promovam responsabilidade social e ambiental no âmbito do Poder Judiciário do Estado do Tocantins, com o firme propósito de construir um ecossistema de justiça mais diverso e inclusivo.

Além disso, possui a atribuição de disseminar uma cultura organizacional que contemple as melhores práticas de inclusão, a partir da consciência de que tudo termina por convergir para os pilares da sustentabilidade sob as dimensões social, econômica, ambiental, cultural e ética.

NOTÍCIAS

Busca Processual Jurisprudência Diário da Justiça
Nós usamos cookies
Usamos cookies ou tecnologias similares para finalidades técnicas e, com seu consentimento, para outras finalidades, conforme especificado na política de cookies. Negá-los poderá tornar os recursos relacionados indisponíveis.