Na tarde desta quinta-feira (6\10), no segundo e penúltimo dia do  IV Encontro do Conselho de Presidentes dos Tribunais de Justiça do Brasil (Consepre), em Palmas (TO), presidentes e representantes das instituições discutiram temas relacionados ao sistema de Justiça e preparam a elaboração da Carta de Palmas.

O documento, que deve ser divulgado na manhã desta sexta-feira (7\10), no encerramento da programação, terá as diretrizes e resoluções dos assuntos abordados no encontro, sediado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins (TJTO). O Consepre foi aberto na noite de quarta-feira (5\10).

A programação desta quinta-feira, na Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat), foi extensa. Pela manhã, houve palestras, painéis e apresentações sobre inovação, tema desta edição do encontro. Os trabalhos foram conduzidos pelo presidente do Consepre, desembargador José Laurindo de Souza Netto, presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR).

Organização, receptividade e relevância

Na agenda desta tarde, foram inúmeras as manifestações elogiosas de magistrados de outros Estados sobre a organização do TJTO, que realiza esta edição na capital tocantinense. A receptividade do Poder Judiciário do Tocantins, bem como a relevância e os temas dos painéis e palestras, também foram ressaltados pelos participantes. "O Tocantins está sempre de portas abertas a todos vocês. Este encontro está sendo exitoso, vai engrandecer ainda mais o nosso Judiciário”, afirmou o presidente do TJTO, desembargador João Rigo Guimarães, anfitrião do evento.

Último dia

O encerramento do IV Consepre está previsto para as 10h, no auditório do TJTO. Inicialmente, haverá a apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelos juízes auxiliares durante programação técnico-científica aos presidentes. E, em seguida, está prevista a leitura e aprovação da Carta de Palmas.

Texto: Cristiano Machado
Fotos: Rondinelli Ribeiro\Comunicação TJTO