As inscrições para a palestra sobre Assédio Moral no Trabalho e as Implicações para a Saúde Mental, com doutor José Roberto Montes Heloani, que é professor da Unicamp, seguem abertas. O evento, que faz parte da programação da I Semana de Combate ao Assédio e à Discriminação do Poder Judiciário, será nesta sexta-feira (27/5), no formado online.

Antes do início da palestra, o desembargador Adolfo Amaro Mendes, presidente da Comissão de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral e do Assédio Sexual, no âmbito do 2º grau do Poder Judiciário do Tocantins, a desembargadora Etelvina Maria Sampaio Felipe, presidente da Comissão Gestora de Políticas de Equidade de Gênero do Poder Judiciário Tocantinense, e o juiz auxiliar da presidência do TJTO Manuel de Faria Reis Neto irão fazer uso da palavra.

Público-alvo

A I Semana de Combate ao Assédio e à Discriminação do Poder Judiciário tem como público-alvo magistrados, magistradas, servidores, servidoras, terceirizados, terceirizadas, estagiários e estagiárias do TJTO. Em parceria com a Esmat, o evento é realizado pelo TJTO, por meio da Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão (CPAI), Comissão Gestora de Políticas de Equidade de Gênero, Comissão de Assédio Moral, Sexual e Discriminação, Coordenadoria de Gestão Socioambiental e Responsabilidade Social (Cogersa), Centro de Saúde e do Núcleo de Acolhimento e Acompanhamento Psicossocial (NAPsi).

O objetivo é proporcionar a compreensão do que é o assédio moral e discriminação, particularmente no ambiente de trabalho, qual é o perfil do assediador e de quem o sofre, como se inicia, como fazer para evitá-lo e enfrentá-lo e ainda suscitar reflexões sobre as respostas institucionais dadas, até o momento, sobre assédio e discriminação no ambiente de trabalho no âmbito do Poder Judiciário, de modo que haja ambientes de trabalho mais acolhedores.

As inscrições podem ser feitas aqui.

Comunicação TJTO