O presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador João Rigo Guimarães, recebeu, na manhã desta quinta-feira (26/5), uma das responsáveis pelas fazendas da Esperança da regional centro-norte, Fátima Roriz, para assinatura dos termos de doação de mobiliário e equipamentos de informática para as unidades da comunidade terapêutica no Tocantins.

“Nossas parcerias são atos contínuos. É com muita satisfação que o Poder Judiciário do Tocantins faz essas doações, pois acreditamos que é preciso fomentar essa política de parceria com órgãos públicos, privados e filantrópicos. Tenho certeza que esses equipamentos doados irão servir bem aos locais destinados e às pessoas que estão precisando de ajuda”, destacou o presidente João Rigo, que participou do evento ao lado do diretor-geral do TJTO, Jonas Demóstene Ramos, do diretor de comunicação, Tião Pinheiro, e da chefe de gabinete da presidência, Kênia Cristina.

Fazenda Esperança

Fátima Roriz explicou que no Tocantins são quatro unidades da Fazenda Esperança, três masculinas (Dianópolis, Porto Nacional e Lajeado) e uma feminina em Palmas. Segundo ela, que ressaltou sobre a importância do ato de parceria feito pelo TJTO, todas as unidades citadas serão beneficiadas com as doações.

“As obras sociais do terceiro setor vivem de parcerias. A sustentabilidade é apenas da alimentação, por exemplo, mas a infraestrutura depende de parceiros. Dessa forma, o Tribunal mostrou concretamente que é um parceiro e com esse gesto afirma que alguns equipamentos que podem não ser inservível para o poder público, às vezes, tem uma grande valia para a gente. E sabemos que vem tudo arrumadinho, reformado e com dignidade. Então assim, essa parceria é superimportante para o terceiro setor”, ressaltou Fátima. “E a não só a fazenda, como outras entidades que já foram contempladas também pelo Tribunal. Esse é o espírito público. Não só focado na autarquia ou na instituição que ele é, mas no espírito público de ajudar aqueles que não têm”, arrematou.

Texto: Samir Leão/Fotos: Rondinelli Ribeiro
Comunicação TJTO