Composta por pessoas da sociedade em geral e por representantes de instituições, a Rede de Apoio aos Egressos do Sistema Penitenciário do Estado do Tocantins (Raesp-TO) já está em processo final de consolidação e será lançada em dezembro próximo, numa parceria do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF-TJTO), Programa Justiça Presente (CNJ/PNUD) e a Rede de Apoio ao Egresso do Sistema Penitenciário do Estado do Rio de Janeiro (Raesp-RJ).

Com a última reunião ocorrendo no começo de novembro, na sede do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), em Palmas, até agora já foi elaborado seu Regimento Interno, definida sua coordenação voluntária; e criadas suas redes sociais. Com o Planejamento Estratégico para 2020 começando a ser feito, a Raesp-TO já definiu quais serão os seus eixos de atuação – Comunicação, Capacitação, Pesquisa Publicação e Articulação para Políticas Públicas -, cada um com suas atividades de trabalho a serem desenvolvidas pelas instituições.

A Rede, que atuará em parceria com Escritório Social, equipamento público de atendimento a pessoa egressa do Sistema Penitenciário, a ser inaugurado no primeiro semestre de 2020, valoriza a importância da pluralidade e interdisciplinaridade para alcançar melhores condições para a inserção social da pessoa egressa do sistema penitenciário na sociedade. Com esse foco, seus membros são instituições e pessoas que possuem um propósito e já atuam na defesa de Direitos Humanos, na buscar por uma sociedade mais justa e igualitária. O contato com a Coordenação pode ser feito pelo email Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Texto: Marcelo Santos Cardoso (com informações do GMF-TO) / Foto: Rondinelli Ribeiro

Comunicação TJTO