Com o intuito de promover a harmonização e a pacificação das relações familiares em casos de divórcios, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Comarca de Dianópolis, realizou na última sexta-feira (23/3), a quinta Oficina de Pais e Filhos.

Durante o encontro, 31 adultos, 10 crianças e quatro adolescentes receberam cartilhas elaboradas pelo Conselho Nacional de Justiça com orientações sobre o processo de divórcio e as relações familiares.

As atividades foram conduzidas por profissionais do Centro e servidores. O coordenador do Cejusc da Comarca de Dianópolis e diretor do Foro, juiz Jossaner Nery Nogueira Luna, destacou que a reunião proporcionou aos cônjuges um auxilio para lidar com a ruptura no relacionamento. “Com a Oficina de Parentalidade é possível orientar os filhos e os genitores que estão passando pelos conflitos, além de proporcionar um tratamento diferenciado, ajudando a solucionar as demandas com celeridade e de forma mais pacífica”, afirmou.

Oficina

A Oficina de Parentalidade tem a finalidade de auxiliar pais e filhos a enfrentarem as consequências da ruptura do vínculo para a família. A ferramenta é voltada para pais, mães e filhos com idade entre 7 e 17 anos, que estejam passando por conflitos decorrentes da mudança estrutural familiar.

Sthéfany Simão - Ascom / TJTO

Fotos Divulgação