O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – Cejusc, da comarca de Araguaína, realizou na quarta-feira (20/5) o segundo encontro do curso de extensão sobre conciliação e mediação, que acontece em parceria com a Faculdade Católica Dom Orione. O curso busca qualificar novos conciliadores voluntários, para atender o que preconiza a Resolução 125 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a fim de prepará-los para conduzir as sessões a partir de março de 2016. A partir desta data as audiências de conciliação e mediação aumentarão, com a entrada em vigor do novo Código de Processo Civil (CPC).

A aula do segundo encontro do curso foi proferida pela juíza de direito Umbelina Lopes Pereira, coordenadora do Cejusc da comarca de Araguaína, e contou com integrantes do Grupo de Práticas Restaurativas e componentes dos grupos de Pesquisa de Extensão de Práticas Restaurativas, como Conciliação Judicial, Justiça Restaurativa Penal e Justiça Comunitária. Novos encontros deverão acontecer ainda no próximo mês e no segundo semestre deste ano.

Luiz Pires – Cecom/TJTO