Nascida em Anápolis em 16 de setembro de 1961, filha de Antônio George Issa (in memoriam) e Najla Elias Issa, Ângela Issa Haonat tomou posse no dia 12 de maio de 2022 como a nova desembargadora do Judiciário tocantinense.

Advogada e dona de uma extensa e profícua carreira jurídica, na qual militou entre 1984 e 2022 com foco na advocacia cível, ambiental e direito do consumidor, foi juíza eleitoral no Tocantins, na vaga da OAB nos biênios de 2017/2019 e 2020/2021.
Durante sua atuação no TRE-TO, foi coordenadora da Comissão de Acessibilidade e também do Projeto + Mulher + Democracia, além de integrar o Projeto Inclusão Sociopolítica dos Povos Indígenas.

Igualmente produtiva e reconhecida é a sua carreira acadêmica, iniciada em 1996 na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), oito anos antes de ingressar na Universidade Federal do Tocantins (UFT) pelo segundo concurso, em 2004, ano em que foi professora adjunta IV de graduação e, já em 2014, da pós-graduação Stricto Sensu no Programa Prestação Jurisdicional – UFT-Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat).

Ainda no período entre 2004 e 2016, foi professora do Centro Universitário Católica do Tocantins (Unicatólica), da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) e coordenadora de pós-graduação Lato Sensu promovida pela Esmat.

Entre as honrarias que recebeu estão o diploma e a medalha “Antonio Rulli Junior” em alusão aos 15 anos da Esmat por “sua contribuição para a construção do conhecimento e sua dedicação acadêmica voltada à pesquisa científica e ao aprimoramento do Poder Judiciário do Estado do Tocantins e do Brasil”.