CPVID define criação de Centro de Referência em Gurupi

A Coordenadoria Executiva para Monitoramento do Combate e Prevenção à Violência Doméstica e Familiar contra Mulher no Estado do Tocantins (CPVID) avança pelo estado na busca da implantação de medidas voltadas à melhoria dos atendimentos às mulheres que buscam a Justiça. Na região sul, será instalado um Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência na cidade de Gurupi.

A coordenadora do CPVID, juíza Nely Alves Cruz, se reuniu com o prefeito da cidade de Gurupi, Laurez Moreira, o secretário do Trabalho e Assistência Social do Município, Silvério Taurino Rocha, e a diretora de Políticas para as Mulheres do governo do Estado, Ana Maria Guedes, para definir a instalação do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência no município. Conforme acordado, a data de inauguração da estrutura será anunciada até a segunda quinzena de outubro.

Durante o encontro, a magistrada ressaltou a importância do Centro em Gurupi e destacou que a instalação é uma conquista para a região. “É o organismo mais importante da rede de atendimento, pois trabalha na prevenção da violência contra a mulher, bem como, trata da existente", afirmou. "O centro vai oferecer serviços como atendimento jurídico e psicossocial, além de promover palestras e cursos diversos para o empoderamento da mulher em estado de vulnerabilidade”, complementou.

Além do município de Gurupi, também vai ser implantado um Centro de Referência em Tocantinópolis, no extremo Norte do estado. Já em Araguaína está prevista a inauguração da Casa Abrigo da Mulher Vítima de Violência Doméstica.

 

Maria Gabriela – Cecom/TJTO

Foto: Divulgação