Desde de 2009 o Conselho Nacional de Justiça estabelece metas para o Judiciário como forma de propiciar uma justiça mais eficiente. As metas definidas visam dar mais eficiência ao Judiciário, melhorar a gestão com gerenciamento de rotinas de trabalho, aumentar a produtividade, reduzirem custos, além da redução do estoque processual.

As metas são definidas pelos 91 Tribunais, durante o Encontro Nacional do Judiciário.

Após definição das metas a presidência do TJTO tem nomeado gestores para o respectivo acompanhamento e cumprimento. Essa nomeação tem o foco de delegar aos gestores a atribuição de elaborar projetos e ações para o alcance dos resultados objetivando satisfazer as demandas de todos aqueles que necessitam da adequada prestação jurisdicional.

ONDE ESTOU