Os dados do “Justiça em Números” disponibilizam informações sobre os tribunais referentes aos processos distribuídos e processos julgados, número de cargos providos por juízes e ainda o número de habitantes atendidos por juiz.

Por meio dos dados é possível avaliar o tribunal em relação à quantidade de processos, gestão financeira e o acesso à Justiça.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça, “O objetivo é que os dados sejam referência para a criação de uma cultura de planejamento e gestão estratégica. Outra finalidade do Justiça em Números é fornecer bases para construção de políticas de gestão e possibilitar a avaliação da necessidade de criação de cargos e funções. O estudo também enumera relação de despesas com pessoal, recolhimentos e receitas, informática, taxa de congestionamento e carga de trabalho dos juízes.”(CNJ 2012).

ONDE ESTOU